Cimento Queimado e a origem de seu nome

Com toda certeza se você é uma pessoa ligada ao mundo da construção, tanto profissionalmente, por interesse ou apenas seja alguém que goste de se manter informada, sabe que o cimento queimado é o produto de acabamento que conquistou todos nos últimos anos, entre muitas boas características o adjetivo que mais poderia defini-lo seria, talvez: versatilidade.

Processo de queima do concreto para cimento queimado

Isso porque esse revestimento charmoso não só pode ser aplicado em paredes, internas ou externas, como também pode ser aplicado em pisos, mesas, portas, bancadas, entre outras infinitas possibilidades que a sua criatividade possa permitir. Além de se encaixar em todo tipo de projeto, desde o ambiente mais sofisticado ao mais rústico. Mas, você sabe a história desse acabamento impecável? Por mais que o cimento queimado tenha caído no gosto popular por volta dos últimos 5 anos, ele na realidade já era produzido e utilizado a muito tempo. No início da sua história, por exemplo, ele era uma opção de revestimento feito pelos próprios mestres de obras, diretamente no local da construção, através de uma mistura de cimento, areia e água, justamente pela sua já citada praticidade. Uma curiosidade é que, engana-se quem acredita que o “queimado” em seu nome signifique que exista de fato algum processo com fogo para a sua aplicação, porém “queimar o concreto” consiste basicamente em “polvilhar” pó de cimento sobre a massa ainda fresca para, posteriormente, alisar a superfície com uma desempenadeira, agregando bem o produto e proporcionando o acabamento liso e manchado característicos.

Ou seja, já no local de aplicação o mestre de obras preparava a mistura acima citada (cimento, areia e água), aplicava por toda a área desejada e após isso praticava a “queima” do concreto, proporcionando por fim o acabamento desejado. E isso acontecia devido ao fato de que, essa técnica de acabamento, para além da versatilidade e estética, é de fato muito prática, a aplicação é simplificada, não requer muita manutenção e, quando bem aplicada, protege o local escolhido.

Entretanto, como se não pudesse melhorar, o cimento queimado tem se modernizado e se tornado cada dia mais prático e esteticamente satisfatório, atualmente é possível adquirir a massa já pronta para aplicação, produzida com cimento, resinas e pigmentos, através do qual é possível conseguir o acabamento desejado somente através da forma como ele é desempenado, sem a necessidade do processo de “queima” tradicional.

E essas novidades na formulação não somente agregaram na facilitação dos processos como trouxeram mais beleza e possibilidades para esse produto incrível, agora você pode encontrar opções de cimento queimado nas mais diversas cores e o melhor, também podemos encontrá-lo com acabamento perolizado, que agrega muito brilho e personalidade a um revestimento que já era perfeito!

Confira as excelentes opções nas imagens abaixo e me conta, você já criou ambientes incríveis com cimento queimado?